Alimentos saudáveis impactam menos o meio ambiente

Se a população mundial adotasse uma dieta saudável em larga escala, o impacto ambiental da agricultura e da produção de alimentos reduziria drasticamente.

Os alimentos que compõem nossas dietas têm um grande impacto sobre nós mesmos e nosso meio ambiente. Procurar por uma alimentação mais saudável também significa comer de maneira mais sustentável. Alimentos com resultados positivos para a saúde têm os menores impactos ambientais, enquanto outros alimentos, como carne vermelha, podem ser especialmente prejudiciais para ambos.

Normalmente, se um produto alimentar é bom para um aspecto da saúde de uma pessoa, também é melhor para outros resultados de saúde. O mesmo vale para a saúde do nosso planeta.

Recentemente, pesquisadores exploraram como o consumo de 15 grupos alimentares diferentes está, em média, associado a cinco resultados diferentes para a saúde e cinco aspectos da degradação ambiental. Descobriu-se que:

  • quase todos os alimentos associados a melhores resultados para a saúde (por exemplo, cereais integrais, frutas, legumes, nozes e azeite) têm os menores impactos ambientais;
  • da mesma forma, os alimentos com os maiores aumentos nos riscos de doenças – principalmente carne vermelha não processada e processada, como carne de porco, carne bovina, carneiro e cabra – são consistentemente associados aos maiores impactos ambientais negativos;
  • duas exceções notáveis ​​são o peixe, um alimento geralmente mais saudável, com impactos ambientais moderados e bebidas açucaradas, que apresentam riscos à saúde, mas têm baixo impacto ambiental;
  • pesquisadores concluíram que a transição de dietas para um maior consumo de alimentos saudáveis ​​também melhoraria a sustentabilidade ambiental.

O estudo destaca recomendações recentes das Nações Unidas e de outros países sobre os impactos ambientais das dietas humanas. Um relatório de agosto do Painel Intergovernamental das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas recomendou que os indivíduos ingerissem mais alimentos à base de plantas como uma maneira de se adaptar e limitar o agravamento da mudança climática.

É importante que todos pensemos nos impactos à saúde dos alimentos que ingerimos. Agora sabemos que tornar nossa nutrição uma prioridade também renderá dividendos para a Terra.