Rompendo barreiras para mudar hábitos e atitudes

Demorei, mas consegui terminar de assistir ao primoroso doc Rompendo barreiras, com o querido @davidattenborough, porque foi bem dolorido pra mim, mas absolutamente imprescindível! Não podemos mais nos esquivar dessa realidade emergente!

Ainda há uma chance!

Precisamos nos comprometer com essa transformação interna, de consumo, condicionamentos e hábitos! E ir além. É preponderante sermos agentes propulsores para que essa consciência possa se expandir para todos os campos da sociedade a partir do nosso próprio exemplo!

Não há forma mais eficaz de causar esse impacto tão necessário! Todos os dias, esses compromissos precisam ser revisados e reforçados em nossa rotina:

  • Alimentação mais saudável possível, local, orgânica e vegana de preferência (proteção e retorno da biodiversidade terrestre e aquática, restauração dos nutrientes do solo, geração de renda/empregos, entre outros). Segundo os cientistas, “uma das formas mais importantes (e acessíveis) de contribuirmos para salvarmos o planeta (leia-se, nós mesmos!).
  • Abdicarmos do hábito do desperdício, em todos os níveis, estando atentos à cadeia de produtos que consumimos, privilegiando empresas e serviços que considerem esse importante impacto sobre o planeta (e a economia); na sociedade capitalista, “o desperdício é criado por intenção”. Fomento à economia circular.
  • Redução à metade por década das nossas emissões de carbono. Uso de bicicletas e transporte coletivo ou compartilhado sempre que possível, visando à eliminação do uso de combustíveis fósseis.
  • Plantar árvores! Precisamos nos engajar nessa simples porém necessária ação. Diminuição do carbono já existente a taxas alarmantes, restauração da biodiversidade, dos nutrientes do solo e das nascentes, regulação dos ciclos das chuvas etc.

Alguém conhece programas de plantio nos centros urbanos? De caronas? De hortas urbanas? De reeducação alimentar? Compartilha aí!

Que assim seja! Que a Deusa nos abençoe e sejamos bem-sucedidos.

Prem Ramam, terapeuta de som e músico integrativo.