Yoga e meditação melhoram as funções cognitivas

Uma sessão de apenas 25 minutos de Hatha Yoga e meditação diariamente pode aumentar drasticamente as funções executivas do cérebro e regular os níveis de energia em geral. Em pesquisa divulgada pela Universidade de Waterloo, essa melhora é prova de que há algo de especial na meditação além dos benefícios físicos e com postura corporal, levando a uma otimização da cognição. As mudanças se relacionam principalmente com a capacidade de foco e o controle de respostas emocionais básicas, além da alteração de padrões de pensamento e ações habituais.

Isso significa que mesmo a prática breve desses exercícios de atenção plena levam a um aumento do poder de processamento consciente do cérebro, reduzindo o fluxo de informações supérfluas. Esse aumento do foco reduz significativamente os níveis de estresse dos indivíduos, levando-os a tomar decisões centradas e menos impulsivas.

Nessa pesquisa foram analisados 31 participantes. Cada pessoa completou 25 minutos de Hatha Yoga, 25 minutos de meditação mindfulness e 25 minutos de leitura silenciosa (uma tarefa de autocontrole) em ordem aleatória. Após as atividades de yoga e meditação, os participantes tiveram um desempenho significativamente melhor nas tarefas de funções executivas em comparação com a tarefa de leitura.

O estudo também descobriu que a meditação e a Hatha Yoga foram eficazes para melhorar os níveis de energia, mas a Hatha Yoga teve efeitos significativamente mais poderosos do que a meditação sozinha.

Ainda é, porém, uma questão em aberto para a motivação científica por trás dessa melhora dos níveis de energia. Especula-se que isso se dá pela liberação de endorfinas, aumento do fluxo sanguíneo para o cérebro e redução do foco em pensamentos supérfluos. Apesar de tudo, esta ainda é uma questão em aberto.

 

Mais sobre o Hatha Yoga

O Hatha Yoga é um dos estilos mais comuns de yoga praticados nos países ocidentais.

Envolve posturas físicas e exercícios respiratórios combinados com meditação.

A meditação envolve a observação de pensamentos, emoções e sensações corporais com abertura e aceitação.