Chocolates veganos para aquecer o seu inverno

Chocolate vegano? Sim, é uma opção mais saudável, pode ser tão saboroso quanto os outros e há boas opções no mercado nacional. Se é, de fato, vegano, não contém leite, albumina ou glicerina. Costuma ter ingredientes como manteiga de cacau, manteiga de amêndoas e lecitina de soja. Entre as opções para adoçar estão o açúcar demerara e o xilitol, menos calóricos que o açúcar comum.

Em geral, o percentual de cacau no chocolate vegano é de pelo menos 40%, mas os de 70% ou mais são mais comuns. É um alimento considerado mais sustentável do que o chocolate comum, por usar menos recursos naturais em sua produção. E uma boa fonte de energia capaz de espantar o frio.

O site Vegan Business conferiu ingredientes e destacou seis marcas nacionais:

  • Super Vegan: Tem como pontos fortes a cremosidade, a textura e uma boa combinação de ingredientes. As onze versões de barra incluem Nougat, Morango, Vanilla, Cookie, Amêndoas e ao Leite de Coco. Criada em 2013, a marca tem pontos de venda em 32 cidades.
  • ChocoVegan: A marca foi criada em 2007 pela protetora de animais Ana Maria Curcelli, autora de Cozinhando sem crueldade, livro pioneiro em veganismo. De lá para cá, lançou mais de duzentos produtos – entre os quais o primeiro chocolate branco vegano do Brasil – e mantém uma produção artesanal. Os ingredientes são orgânicos e as frutas usadas são naturais. Todas as receitas utilizam apenas manteiga de cacau pura. Atende por encomenda.
  • Genevy: A especialidade da marca da empresa paulista Tudo Zero Leite são chocolates sem lactose, caseína, glúten, soja, oleaginosas e, claro, sem ingredientes de origem animal. Os percentuais de cacau variam de 40% a 99%. Há opções zero açúcar e adoçadas com os açúcares demerara, mascavo e de coco. Alguns têm proteína vegetal.
  • Tnuva: A empresa paulista tem a missão de atender a pessoas com alergia, intolerância ou restrição a leite, prezando o sabor e a qualidade. Fundada em 1989, é pioneira em chocolates veganos e produz sua própria matéria-prima, incluindo a massa e a manteiga de cacau. Entre os muitos produtos há barras, tabletes, bombons, pastilhas, língua de gato e chocolate de uso culinário.
  • Choco Soy: É o chocolate vegano da marca gaúcha Olvebra, que oferece produtos à base de soja não transgênica. Da linha de mais de sessenta produtos da empresa fazem parte barras, flocos de arroz cobertos de chocolate, passas cobertas de chocolate, bombons e ovos de Páscoa.
  • AMMA: Além de estar atenta ao sabor, a marca de Salvador tem a missão de zelar pela preservação e recuperação da Mata Atlântica do Sul da Bahia, o que inclui cuidados no cultivo de cacau. Produz tabletes de chocolate orgânico com percentuais de cacau de até 100%. As embalagens são compostáveis, desaparecendo em 180 dias.