O caminho límpido como a existência eterna

O Caminho é o Vazio
E seu uso jamais o esgota
É imensuravelmente profundo e amplo, como a raiz dos dez mil seres
Cegando o corte
Desatando o nó
Harmonizando-se à luz
Igualando-se à poeira
Límpido como a existência eterna
Não sei de quem sou filho
Venho de antes do Rei Celeste

Capítulo 4 de Tao Te Ching – O livro do caminho e da virtude, de Lao Tse, em tradução do mestre Wu Jyn Cherng, da Sociedade Taoísta do Brasil. O R.evolution Club está publicando semanalmente cada um dos 81 capítulos em versos que compõem esta que é uma das obras mais importantes da literatura chinesa.